Extração das Pedras nas Jazidas Naturais.

As pedras são extraídas do solo, nas minas encontradas em diferentes regiões. Ao serem retiradas encontram-se cobertas com terra e com incrustrações decorrentes dos muitos anos que estão depositadas.

As pedras são vendidas de diversas maneiras: naturais, tingidas, polidas ou brutas, serradas de formas diferentes, dependendo do mercado alvo.

Para cada uma delas existe um tratamento específico e alguns que são comuns a todos os tipos.

Ao chegarem do garimpo, as pedras são descarregadas e cortadas, dependendo do destino final, podendo ser cortadas em chapas, porta-jóias ou objetos de ornamentação diversos. Após o corte, que é realizado em máquinas específicas, com água e óleo, é feita a lavagem, também utilizando água e detergente, e dependendo do grau de sujeira, pode ser utilizado soda cáustica, uma vez que na seção de corte, uma pequena fração do óleo utilizado para lubrificação das máquinas, fica aderida na pedra.

O próximo passo é o processo de lixação e polimento, finalizando com outra lavagem, utilizando xispa (ácidos inorgânicos), água e detergente. Uma pequena quantidade de ametistas (aproximadamente 10%) é lavada com ácido muriático (esta lavagem é mais eficaz), para remoção total de possível resíduo do processo.

Quando as pedras são vendidas na forma natural, passam por esses processos descritos acima e estão prontas para a comercialização.

A figura abaixo mostra um fluxograma simplificado dessa etapa.

Figura 01 Extração